02/03/2021

Notícia/Região

Mulher morreu afogada em Lavras ao tentar salvar sobrinha

la se lançou nas águas para salvar a sobrinha de dois anos que havia caído no rio

Foto: magem ilustrativa do Corpo de Bombeiros no rio Capivari, em busca de um corpo de um rapaz que morreu em 2019

Na tarde de hoje, domingo, dia 24, uma família estava à beira do rio Capivari, próximo a ponte sobre a BR-265, quando uma criança de apenas dois anos caiu na água. Os familiares se desesperaram e uma mulher, de 25 anos, tia da criança, se lançou na água.

Continua após a publicidade

Um homem que estava nas proximidades com uma canoa foi em direção a elas na tentativa de salvá-las, ele conseguiu resgatar a criança, mas não foi possível socorrer a mulher, que se debateu nas águas e afogou.

A criança chegou a ingerir água, foi reanimada e foi trazida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Lavras, onde foi atendida por médico plantonista, ela passa bem.

Continua após a publicidade

Segundo o Corpo de Bombeiros de Lavras, a jovem que morreu afogada e a criança são de Lavras. A tia morava no bairro Aquenta Sol.

O Corpo de Bombeiros de Lavras foi acionado e realizou uma busca pelo local onde a jovem havia se afogado, porém, devido ao adiantado da hora, as buscas foram suspensas e deverão ser recomeçadas amanhã, segunda-feira, por volta de 7h.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o local onde ocorreu o afogamento é bem próximo onde em junho do ano passado, um jovem, natural e morador da cidade de Campo Belo, estava na margem do rio e se afastou e chegou a uma parte funda, ele caiu nas águas, não conseguindo sair. Ele não sabia nadar e seu corpo foi resgatado no dia seguinte pelos bombeiros de Lavras.

Veja também