08/08/2022

Notícia/Colunista

Por Dra. Thaís Lopes: crianças podem tomar café?

Foto: Dra. Thais Alvarenga Lopes

A Pediatra Dra. Thais Alvarenga Lopes é colunista do site Portal Campo Belo e vai tirar as dúvidas de você leitor(a), o assunto desta coluna será sobre se as crianças podem tomar café.

O café não é indicado para menores de dois anos. O café é rico em cafeína, que é um estimulante do sistema nervoso central, o que torna seu consumo perigoso.

Por que não oferecer café a criança desde cedo?

O sistema neuronal de um bebê ou de uma criança até 2 anos ainda é imaturo e devido a isso não há como fazer previsões de doses seguras a ser administradas. O excesso do consumo de café, pode causar efeitos como dores de cabeça, taquicardia e tremores, dificuldades de dormir, nervosismo e agitação e dentre outros sintomas.

Crianças de 2 a 6 anos, podem tomar café?

Já as crianças acima de 2 a 6 anos, podem tomar a bebida com moderação, desde que seja em pequenas quantidades, e sem ser diluído em algo. Entretanto, o ideal seria mesmo é provar o café após os 6 anos e, mesmo assim, beber no máximo uma xícara pequena (50 ml) por dia. Isso equivale a cerca de 70 a 140 mg de cafeína, ou 95 mg em média, por xícara.

Dra. Thaís Alvarenga é Graduada em Medicina na Universidade Federal de Juiz de Fora. Com residência médica em Pediatria pelo Hospital da Polícia Militar de Belo Horizonte.

Dra. Thaís realiza atendimentos particulares e pelo convênio com a UNIMED.

Dra. Thais atende na Clínica Vitalle, localizada na Avenida Sete de Setembro, 286, Centro - Campo Belo/MG. Agende a consulta de seu filho(a) pelos telefones (35) 3605-1818 (35) 99976-8810.

Dra. Thais Alvarenga

CRM-MG 55061 RQE 37493 ??

autor

Por: Dra. Thaís Alvarenga Lopes

Graduada em Medicina pela  na Universidade Federal de Juiz de Fora.
Com residência médica em Pediatria pelo Hospital da Polícia Militar de Belo Horizonte.

Dra. Thais atende na Clínica Vitalle, localizada na Avenida Sete de Setembro, 286, Centro - Campo Belo/MG. Agende a consulta de seu filho(a) pelos telefones (35) 3605-1818 (35) 99976-8810.

Veja também