20/10/2021

Notícia/Informe Publicitário

Duas professoras do Unilavras receberam prêmio da CAPES

Duas professoras do Unilavras receberam da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) a menção honrosa do prêmio CAPES de Tese 2021! As Prof.ªs Dr.ªs Ana Cláudia Barbosa Honório Ferreira, do curso de Enfermagem, e Isadora Cota Carvalho, dos cursos de Engenharias do Unilavras, receberam as notícias no começo do mês de setembro. Suas teses de doutorado foram defendidas em 2020, e submetidas ao prêmio neste ano.

A Prof.ª Dr.ª Ana Cláudia Honório cursou seu doutorado na UNICAMP. A tese “Construção de um Classificador de Risco para Prevenção do Pé Diabético Usando Redes Neurais Artificiais”, contou com a orientação da Prof.ª Maria Helena Baena de Moraes Lopes. Dessa forma, a Prof.ª Dr.ª Ana Cláudia construiu um sistema capaz de identificar as pessoas com diabetes que estão em risco para o desenvolvimento da úlcera do pé diabético, auxiliando na identificação precoce e prevenção desta complicação.

Para isso, ela contou com a ajuda de especialistas na área de inteligência artificial. E assim, como produto final da tese, foi possível construir softwares e um aplicativo que podem ser utilizados por profissionais de saúde e pessoas com diabetes.

Já a tese da Prof.ª Dr.ª Isadora Carvalho foi desenvolvida na UFMG, sob orientação do Prof. Herman Sander Mansur. “Design and Development of Ag-In-S Quantum Dot@Carboxymethylcellulose-Based Nanoconjugates as Multifunctional Fluorescent Biomarkers and Nanocarriers for Targeting Brain Cancer Cells” envolve o desing e a produção de alternativas de materiais avançados para auxiliar no diagnóstico precoce e tratamento multidisciplinar de câncer cerebral. Assim, ela desenvolveu novos nanoconjugados híbridos biofuncionalizados compostos por pontos quânticos (QDs) fluorescentes ternários estabilizados por biopolímeros estruturalmente modificados.

Como resultado de sua pesquisa, a Prof.ª Dr.ª Isadora constatou que os nanoconjugados híbridos são um indicativo de melhoria na qualidade de vida de pacientes em tratamento contra o câncer cerebral no futuro. A tecnologia desenvolvida conseguiu distinguir as células cancerígenas das células saudáveis, o que pode ser um avanço para a nanomedicina oncológica. Agora, o projeto está em fase de patenteamento.

Para o Unilavras, as conquistas das professoras são de grande importância, uma vez que ambas podem contribuir significativamente para a melhora da qualidade de vida das pessoas. Já para os alunos e comunidade acadêmica, esse reconhecimento representa a excelência que a Instituição busca proporcionar com professores qualificados e de extrema relevância em suas áreas.

Entre as ações que ambas desenvolvem dentro do Unilavras, destaca-se o projeto “Pé em Dia = Pé com Vida”, da Prof.ª Dr.ª Ana Cláudia Honório, que junto aos alunos, desenvolve ações para monitorar a saúde da comunidade que sofre de Diabetes Mellitus. Já a Prof.ª Dr. ª Isadora Carvalho desenvolve atividades que englobam todos os cursos do Unilavras no Espaço Maker da Instituição, produzindo peças em impressoras 3D que contribuem para o aprendizado dos alunos da Instituição. 

O PRÊMIO

O Prêmio CAPES de Tese reconhece os melhores trabalhos de conclusão de doutorado defendidos em programas de pós-graduação brasileiros de acordo com os seguintes critérios: originalidade do trabalho, relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, social e de inovação e o valor agregado pelo sistema educacional ao candidato. Um dos objetivos da iniciativa é aumentar a visibilidade das ações positivas e indutoras da CAPES na pós-graduação brasileira.

 

   

 

Outras imagens desta notícia

Veja também