02/03/2021

Notícia/Campo Belo

Polícia Federal, Militar e Ibama cumpriram mandados em Campo Belo

Foto: PF/ Divulgação

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta terça-feira, dia 26 de janeiro, a operação Uirapuru para combater o comércio ilegal de pássaros silvestres no em Campo Belo.

Continua após a publicidade

Conforme as investigações, os suspeitos capturavam as aves da fauna nativa em Campo Belo e posteriormente, falsificavam anilhas para comercialização dos pássaros no Sul de Minas.

No total, a corporação, juntamente com a Polícia Militar e o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), cumprem 12 mandados de busca e apreensão. As ordens foram expedidas pela Justiça Federal de Lavras e pela Justiça Estadual de Campo Belo. 

Continua após a publicidade

"Alguns dos investigados possuem registro no Ibama como Criador Amador de Espécimes Passeriformes da Fauna Silvestre (CAP)", informou a PF. Contudo, as anilhas eram falsificadas para a comercialização ilegal das aves.

Além de uso de selo ou sinal público falsificado, os suspeitos podem responder por associação criminosa e crimes ambientais, como manter em cativeiro e comercializar animais silvestres. Se condenados à pena máxima, a prisão pode chegar a 10 anos.

Veja também