14/08/2020

Notícia/Informe Publicitário

Afinal, o que é gestão da qualidade?

Foto: UNILAVRAS

Por Gislaine Fernandes Guimarães, professora do curso de Administração do Unilavras

Você já ouviu falar em Gestão da Qualidade? Qual é a sua importância e benefícios para as empresas? Antes de entramos no universo da Gestão, é importante definirmos o que é Qualidade.

Qualidade é um termo que, intuitivamente, adotamos no nosso dia a dia. Ao adquirirmos um produto ou serviço esperamos que ele tenha qualidade, ou seja, que ele atenda às nossas necessidades. No entanto, vale ressaltar que o conceito de qualidade é subjetivo: um produto de qualidade para mim pode não ser de qualidade para você, porque cada um tem uma visão própria do que é bom ou ruim.

Então, o que é qualidade? Podemos defini-la como um conjunto de características de um produto ou serviço que atende às necessidades dos consumidores. Buscando atender essas expectativas, as empresas estão cada vez mais preocupadas em gerenciar a qualidade, a fim de oferecer produtos que sejam aprovados pelo cliente.

O que é Gestão da Qualidade?

Gestão da Qualidade é um conjunto de estratégias e ações que as empresas adotam de forma coordenada e sistematizada com o objetivo de melhorar de forma contínua seus produtos e processos. É interessante ressaltar que essa gestão não se concentra apenas na parte interna da empresa: ela se estende a toda cadeia produtiva, envolvendo fornecedores, parceiros e distribuidores.

A produção de boas mercadorias depende da utilização de matérias-primas de qualidade, sendo necessário um contato próximo com seus fornecedores. Além disso, produzir com qualidade não é responsabilidade apenas do setor de produção ou de qualidade, é necessário que todos os colaboradores se comprometam em entregar o produto da melhor forma. Isso é gestão da qualidade total. Total porque envolve toda a cadeia produtiva.

Para gerenciar a qualidade dos produtos ou serviços é necessário adotar alguns princípios básicos: foco no cliente (pessoa mais importante); qualidade em primeiro lugar; melhoria contínua de produtos e processos; e envolvimento, comprometimento e desenvolvimento de recursos humanos.

Existem diferentes ferramentas de qualidade e processos de constante melhoria que auxiliam as empresas nesta gestão, tais como: gráfico de Pareto, folha de verificação, estratificação, gráfico de controle, diagrama de Ishikawa, fluxograma, ciclo PDCA, brainstorming, benchmarking, kaizen, 5W2H, 6 sigma, 5S são alguns exemplos.

Além dessas técnicas, as empresas podem garantir a qualidade dos seus produtos e processos através de certificações. Entre as normas de certificação, destaca-se a ISO 9001, relacionada à Gestão da Qualidade. Ao obter esta certificação, as empresas mostram que estão preocupadas em garantir a qualidade de seus produtos e serviços. A diretriz orienta a empresa a focar na melhoria contínua do seu processo em busca da satisfação dos seus clientes. Seu objetivo é trazer maior confiança ao cliente, que se sentirá mais seguro ao consumir produtos produzidos dentro dos requisitos de qualidade da norma ISO 9001.

Qual é a importância da Gestão da Qualidade para as empresas? 

Gerenciar a qualidade de seus produtos diante de um mercado cada vez mais competitivo é um requisito extremamente necessário. Podemos dizer que ter qualidade é obrigatório para que as empresas possam satisfazer os seus clientes e garantir a sua sobrevivência no mercado.

Hoje, o gerenciamento de qualidade deixou de ser simplesmente um diferencial competitivo para se tornar um critério qualificador, ou seja, aquilo conceitua uma empresa ou os seus produtos em relação aos concorrentes. São esses critérios que farão com que a empresa consiga se destacar no mercado, satisfazer os seus clientes, superar as suas expectativas e conquistá-los permanentemente.

Quais são os benefícios de gerenciar a qualidade?

Os benefícios da gestão de qualidade nas empresas são inúmeros: padronização e melhoria de processos; redução de custos e do retrabalho; menos desperdícios; melhoria da imagem da empresa; aumento da lucratividade e da satisfação dos clientes e sobrevivência no mercado.

Nesse sentido, os gestores devem criar a consciência de gerenciar a qualidade dos seus produtos e serviços junto aos seus parceiros, colaboradores e fornecedores. Assim eles devem colocar em prática a adoção de ferramentas com o objetivo de melhorar de forma direta seus produtos e processos. Essa melhoria deve ser contínua para que a empresa possa prosperar e responder mais rapidamente às mudanças impostas pelo mercado.

 

Veja também