21/07/2019

Notícia/Região

Polícia Civil prende pais de bebê de 3 meses por suspeita de homicídio

A Polícia Civil prendeu no final da tarde desta quarta-feira (27) os pais do bebê de 3 meses que morreu em Andradas (MG). Eles são suspeitos de homicídio. O corpo do bebê foi enterrado em Santo Antônio do Jardim, interior de São Paulo.

Segundo o boletim de ocorrência registrado pela polícia, os pais da criança acionaram o Samu por volta de 1h30 depois de perceber que ela não estava respirando. O bebê foi socorrido para a Santa Casa da cidade, mas não resistiu.

Ainda conforme o boletim de ocorrência, no momento de recolher o corpo, o agente funerário percebeu que a criança tinha hematomas roxos na cabeça e no rosto e se recusou a levar o corpo. A polícia foi acionada e registrou o B.O.

"Eu percebi que tinha alguma coisa errada. Tinha uns roxos perto da testa, hematomas na cabeça, tinha uns roxos. Eu acionei a Santa Casa, que foi lá, constatou mesmo que tinha algumas lesões, aí chamaram os médicos. Os médicos olharam e por via das dúvidas encaminharam para o IML", disse o dono da funerária, Leandro Henrique Antonietto.

Polícia Civil de Andradas investiga morte de bebê de 3 meses — Foto: Reprodução EPTV

Polícia Civil de Andradas investiga morte de bebê de 3 meses — Foto: Reprodução EPTV

Polícia Civil de Andradas investiga morte de bebê de 3 meses — Foto: Reprodução EPTV

A mãe disse para a polícia que chamou o Samu depois de encontrar o filho desacordado no berço. O médico de plantão informou que o menino foi socorrido pelo Samu e que no Pronto Atendimento, a equipe médica tentou reanimá-lo. O médico informou que durante o atendimento, não percebeu que a criança apresentava indícios de lesão na região da cabeça e tórax.

"O hospital contou essa versão, que realmente aconteceu isso, localizamos a mãe da criança, e ela falou que tinha o ferimento quando foi pentear o cabelo dele, tinha esse arranhão na cabeça", disse o tenente da PM, Antônio Guilherme Rodrigues.

Os pais da criança disseram para a polícia que sabiam do ferimento na cabeça e disseram que na semana passada, quando a mãe penteava o cabelo do filho, a ponta do pente quebrou, causando um pequeno ferimento na parte de trás da cabeça. Os pais passaram o dia na delegacia prestando depoimento.

Veja também