22/09/2018

Notícia/Região

Homem desapareceu após entrar no Rio Jacaré, em Santana do Jacaré-MG, veja!

Participe do site Portal Campo Belo pelo whatsapp (35) 9707-3488

Foto: Rádio Cidade FM

Corpo de Bombeiros de Oliveira (MG) trabalha para localizar um homem de 35 anos que desapareceu após entrar no Rio Jacaré, em Santana do Jacaré (MG), na tarde de sábado (6). Segundo a Polícia Militar, o rio estava cheio por conta das chuvas quando o homem entrou na água.



As roupas que seriam da vítima foram encontradas próximas à ponte na entrada da cidade. A Defesa Civil já havia emitido um alerta por conta do alto nível do Rio Jacaré durante o fim de semana. O rio chegou a passar dos três metros acima do normal neste domingo (7), em menos de cinco horas.



No início da manhã desta segunda-feira (8), o rio estava a 4,08 metros, dois metros acima do nível normal. As buscas pelo homem desaparecido começaram na manhã de domingo e seguem nesta segunda, mesmo com o rio cheio.



Prejuízos



Segundo a Defesa Civil, além das chuvas, o principal motivo do rio cheio seria a tromba d’água que atingiu o município de Oliveira (MG) na última quinta-feira (4). Com o alto volume, a água invadiu lavouras de milho e feijão e causou prejuízos.



Duas famílias que moram na parte mais baixa da cidade precisaram deixar suas casas. Elas foram encaminhadas para um abrigo em uma escola municipal e em uma casa temporária.



Moradores ficaram assustados com a água que tomou conta das ruas e invadiu imóveis. "Já começou a entrar na hora em casa, já começou a ultrapassar a cerca, aí já me preocupou, preocupou minha esposa, a filha dela. Por medida de segurança achei melhor sair", conta o aposentado Júlio César Januário.



O Conselho Municipal de Meio Ambiente orienta moradores ribeirinhos a saírem das casas. "Nós conseguimos mudar duas famílias, mas a Polícia Militar fez um trabalho de conscientização em todas as famílias que moram em situações de risco, porém não conseguimos êxito em descolar todas as famílias. Umas ainda se mostraram bastante irredutíveis quanto à situação", explica o presidente Fábio Silva.



Ainda segundo o presidente, os prejuízos podem ser maiores. "As chuvas de ontem na região rio acima ainda não chegaram pra gente aqui em Santana do Jacaré. Então, provavalemente, o rio pode voltar a subir. Por isso o estado de alerta ainda existe".





Rafael Pinto de Almeida 



Nível de rio sobe e chega quase a atingir ponte em Santana do Jacaré (Foto: Robson Roberto de Souza)



Nível de rio sobe e chega quase a atingir ponte em Santana do Jacaré (Foto: Robson Roberto de Souza)


Outras imagens desta notícia

Veja também